Sobre gostar da liberdade

17:06

Fonte
E talvez ser livre faça parte de mim faça parte das coisas que eu coloco em primeiro plano, faça parte do meu ser, do meu signo, de mim, em fim. Saborear o gosto da liberdade, de sair sem destino evitando explicações, ou perguntas. Afinal é complicado sempre precisar colocar alguém a sua frente, deixar de fazer as coisas que gosta por alguém, porque eu sou assim, quando eu amo eu amo 100% e deixo o meu amor próprio em segundo plano inconscientemente. Esqueço de fazer minhas vontades pra fazer as do outro, e acabo sendo feliz porque quando a gente ama, ser feliz é ver o outro feliz também. 

Não que eu não me ame também, mas me lembro de amar mais o outro que a mim, e isso não é saudável por isso de preferir a liberdade, não tem ninguém pra eu me dedicar, não tem ninguém pra eu amar mais que a mim mesma, e apesar de ter feito isso uma unica vez na vida lembro-me bem do quanto meu amor por mim ficou guardado e sabe, não gostei nadinha disso. 

Talvez ser livre seja minha melhor escolha, posso parecer uma louca desvairada descrente do amor, mas eu gosto de ser livre, e ao contrario do que pode dar a entender, eu não gosto de sair por ai desvalorizando a minha honra, eu só gosto de sair por ai, ponto. Sim, sair por ai conhecendo cada canto que eu deixei passar, conhecendo novos lugares e pessoas, eu gosto de ser livre e sair sem ninguém me perguntando onde eu vou, que horas eu volto ou como foi minha saída para esse posto ainda tenho minha mãe. 

Vou te dizer, nada disso é ruim. Eu pego toda minha bagunça e carrego pra algum lugar desconhecido, não arrumo, mas também não deixo pra traz, só curto a bagunça que já é minha num lugar bonito e diferente, e isso me faz bem. Me deixa suspirando como se eu tivesse acabado de conhecer o amor da minha vida, que por sinal já conheci, mas também já descobri que amor não é tudo. Tudo mesmo é ser feliz, e ninguém disse que a gente precisa de alguém que viva um romance conosco pra felicidade chegar. Eu por exemplo posso ser feliz todos os dias com o meu amor próprio e claro minha liberdade, isso basta pra mim ao menos ultimamente basta. 

Postagens relacionadas

1 comentários

- Você não precisa ter um blog para comentar

- Todo comentário é bem vindo, mas por favor não comente coisas do tipo: "segue?, seguindo, segue de volta?" É chato.

- Responderei à todos o mais breve possível!

Acompanhe o blog

Todas as fotos e textos são produzidos por Adrilaine Cezimbra exceto quando sinalizados. Se encontrar uma foto de sua autoria que não esteja com os devidos créditos favor avisar. Todos os direitos reservados.